Ateísmo


Acessem o fórum.  http://unabrasil.org/forum

Anúncios

.

..

A militância ateísta sofreu um golpe nesta última terça-feira, levado a cabo por religiosos fanáticos, que conseguiram boicotar as duas principais entidades ateístas da Austrália. O ataque foi direcioado aos sites da AFA (Atheist Foundation of Australia), e do GAC (Global Atheist Convention), que ficaram fora do ar devido a um intenso tráfego gerado ao final da tarde de terça-feira.

Os ataques estão provavelmente relacionados ao evento Global Atheist Convention (Convenção Global de Ateus), que está programado para acontecer em Melbourne, em março do ano que vem. Entre os palestrantes convidados do evento, estão o biólogo inglês Richard Dawkins, autor do livro Deus, Um Delírio, e a comediante e articulista australiana Catherine Deveny.

Cerca de mil ingressos para a convenção já haviam sido vendidos pelo site, que é gerenciado pela AFA. A fundação divulga o evento como o maior encontro de ateus da história da Austrália. No entanto, após o ataque a Fundação teve que suspender as vendas temporariamente.

O site The Inquirer explica que, na Austrália, os religiosos conservadores têm uma poderosa influência política, apesar de serem em número reduzido. Ao que parece, além da força, eles também contam com a sorte, pois a empresa que hospedava os websites desligou-os após os ataques, forçando os ateus a procurarem novos servidores.

O site do jornal australiano The Sydney Morning Herald traz uma declaração de David Nicholls, presidente da AFA, onde ele explica que ainda não está claro se os ataques foram motivados pela religião ou vieram de grupos cristão conservadores, irritados com as tentativas da fundação de criar uma sociedade mais laica.

Entretanto, o fato de dois sites distintos, relacionados ao ateísmo, terem ficado fora do ar, sugere que eles realmente foram alvos de um ataque premeditado.

..

.

Autor: Richard Dawkins
Traduzido por: Perce Polegatto
Via: Ateus do Brasil

Uma vez eu li uma história de ficção científica na qual astronautas, viajando para uma estrela distante, estavam ficando cada vez mais com saudades de casa: “Só de imaginar que é primavera na Terra!” Você pode não perceber imediatamente o que está errado nisso, de tão arraigado que é o nosso inconsciente chauvinista do hemisfério norte. “Inconsciente” é exatamente o termo. É aí que entra o estímulo à consciência.

Suspeito que seja por uma razão mais profunda do que a simples diversão perspicaz que, na Austrália e na Nova Zelândia, você pode comprar mapas do mundo com o polo sul no topo. Isso não seria uma coisa excelente para pendurarmos nas paredes das nossas salas de aula? Que esplêndido estímulo à consciência. Dia após dia, as crianças seriam lembradas de que o norte não possui monopólio do lado de cima. O mapa as intrigaria tanto quanto estimularia a conscientização. Elas iriam para casa e contariam isso a seus pais.

(mais…)

Fonte: Suástica Azul
Autor: Lauro Edison (Paralelo)

Problema do Mal 1

Nunca, por nenhuma razão, se poderia desejar que a dor aumentasse. Da dor, só se podia desejar uma coisa, que parasse. Nada no mundo era tão horrível como a dor física. Em face da dor não há heróis, não há heróis, ele pensou e tornou a pensar, torcendo-se no chão, segurando à toa o braço esquerdo invalidado – 1984, George Orwell

Não sei se Deus existe. Mas seria melhor para sua reputação que não existisse  – Jules Renard

(mais…)

Fonte: Recanto das Letras
Autora: Camila Visentainer

airon_rubemalves
Esse texto foi indicado pela autora, Camila, em comentário a um texto do Blog. Os leitores também têm espaço, por aqui!
 
Nunca fui muito de acreditar facil nas coisas, não me lembro de já ter acreditado em Papai Noel, coelinho da páscoa e muito menos em fada do dente, a única coisa que demorei um pouco mais pra desacreditar foi em deus, mas também,  todos os dias somos bombardeados com promessas e ameças desse senhor, que diz que te ama. Ai de você pensar em duvidar…  eu nunca acreditei tanto, sabe, eu tinha certeza de que nunca iria pro céu mesmo, afinal eu sempre me questionava. Se deus é um só, por que existem tantas religiôes? Como saberei qual a certa? E quando parei pra pensar que toda a crença nesse ser era baseada num livro… NUM LIVRO!

Autor: Fabrício “Pudoca”

Maurice, um agnóstico?

Maurice, um agnóstico?

Um dos segredos do sucesso da nova safra de animações, inaugurada pela Pixar com Toy Story é, sem dúvida, esconder pequenas referências à cultura pop, a eventos históricos e até a outros filmes, funcionando em camadas.

Enquanto a criançada se diverte, os pais deliciam-se com as referências que só eles entendem. Madagascar tem a mais ousada que já encontrei.

Não nos interessa todo o enredo, apenas o contexto onde está a referência: após os rios e lagos da reserva ambiental africana (onde se passa a história) terem secado, os dois personagens mais hilários do filme surgem com um plano para reverter a situação.

(mais…)

Autor: Fabrício “Pudoca”

diversidadeUnir ateus é como arrebanhar gatos. (Richard Dawkins)

Existe uma tendência incrível de aplicar o modelo religioso a qualquer comunidade de ateus.

A lógica é simplista: as questões que unem ambos os grupos giram em torno da existência  (ou não) de deus. Portanto, suas formas de agrupamento social são semelhantes.

Non sequitur.

(mais…)

Próxima Página »