Em nome de Deus


Anúncios

Eu soube, via Diário Ateísta, que o jornal Le Monde denunciou a proteção de um padre genocida (Ruanda) pela igreja na França. A igreja tem velha tradição de proteger criminosos. Que digam os senhores Paul Marcinkus, Erich Priebke, Josef Mengele e Ante Pavelic (etc.,etc. e etc.!!!). (nem falo dos padres pedófilos!). O escritor Michel Onfray já havia denunciado a cumplicidade da igreja com o massacre de Ruanda e a proteção aos padres envolvidos. O jornal The Guardian denunciou o encobrimento de um padre genocida pela igreja na Itália e a tentativa do Vaticano em frustrar o julgamento de padres genocidas.
Relembre a cumplicidade religiosa com o massacre.

PS: Só pra lembrar…. nenhum dos padres envolvidos no massacre foi punido, suspenso ou demitido pela igreja (ao contrário dos padres moderninhos… defensores do fim do celibato, camisinha etc.); Nenhum deles foi excomungado, ao contrário dos católicos pró-aborto e pró-eutanásia. Nenhum deles foi proibido de comungar, ao contrário dos católicos divorciados e recasados. Em suma, a igreja não adotou contra eles nenhuma das duras atitudes e pressões que costuma adotar contra os católicos (padres e leigos) que costumam se desviar 1 milímetro das normas papais vigentes!!! E essa mesma igreja ainda vem com a maior cara deslavada do mundo vir querer aporrinhar os outros, ficar condenando aborto, camisinha, governo X, religião X etc.

O pa$tor Pat Robertson (EUA) disse que a tragédia no Haiti ocorreu porque os haitianos pactaram com o diabo. O bispo de San Sebastián (Espanha) não ficou atrás de Robertson em termo de infâmia. Ele declarou que a tragédia haitiana é um mal menor…..
Que belos exemplos de cristãos… Como a religião dá conduta moral ao ser humano…

PAPA AGRADECE POLÍCIA MILITAR PELA VIGILÂNCIA DO VATICANO

Cidade do Vaticano, 07 jan (RV) – O Santo Padre recebeu esta manhã, na Sala Clementina, no Vaticano, os agentes da Polícia Militar de Roma que cuidam da vigilância ao redor do Vaticano.
LEIA MAIS…


OBS:É ASSIM QUE O PAPA CONFIA EM DEUS E EM SUA IMENSA PROTEÇÃO???? PELO VISTO, ESTE DEUS É TÃO REAL QUANTO O SACI-PERERÊ.

O vídeo mostra imagens do regime nazi-católico eslovaco (1939-1945) cujo ditador era o padre Jozef Tiso.O vídeo enfoca muito a Guarda Hlinka, uma espécie de milícia do regime eslovaco. O nome Hlinka deriva do padre Andrej Hlinka.

Curiosidade: Tiso, ao contrário de padres “moderninhos”, jamais foi excomungado pela igreja!!!

O livro foi escrito em 1948 pelo ex-padre croata Viktor Novak. A obra aborda o clericalismo católico na Croácia do final do século XIX até a 2ª guerra mundial. O livro enfoca bastante o envolvimento da igreja católica com a Ustasha de Ante Pavelic. Magnum Crimen serviu de base pra este documentário.

Nota:O envolvimento do Vaticano com a Ustasha lhe rendeu um processo.

primaz Stepinac e seus comparsas Ustasha

oficiais alemães,croatas,italianos; núncio apostólico Ramiro Marcone e o primaz Stepinac


Ante Pavelic assistindo a missa

Pavelic e Stepinac

Próxima Página »