Um aperto de mão Nazislâmico

Um aperto de mão Nazislâmico

Muitos não sabem, mas na história ja existiram islâmicos que foram aliados de Adolf Hitler (e Ante Pavelic). 

Existiram  SS islâmicas e seus soldados eram da Bósnia, Albânia e Kosovo. Eles formavam as Divisões SS Handschar, SS Kama e SS Skanderbeg

O Mufti de Jerusalém, Husayni, chegou a dar apoio a essas SS,  além de se encontrar com Hitler, Himmler e outros nazis.

O islâmicos bósnios foram notáveis aliados dos católicos croatas da Ustasha, a ponto dos dois vices-presidentes do NDH serem islâmicos (Os irmãos Kulenovic, Osman e Dzaferberg). O NDH chegou a contruir uma mesquita para a comunidade islâmica de Sarajevo.

A grande ironia é que a mídia ocidental, que fala tudo contra os islâmicos, não fala do paSSado deles. Isso é muito estranho. Afinal, essa mesma “livre” imprensa,  nos anos 90,  condenou o assassinato de islâmicos (além de fazer “choro” teatral) na guerra da Bósnia por parte de Milosevic e Karadzic.

A midia “elegeu” Milosevic e Karadzic como os grandes “carniceiros dos Balcans” (na frente de Pavelic, ambos eram escoteiros),  demonizou a Sérvia ao extremo e abafou (ou minimizou) os crimes bósnios e croatas durante a guerra iugoslava (anos 90).

E pra completar, os EUA apoiaram os terroristas islâmicos (ironia!!) do KLA contra a Sérvia em 1999, descambando na guerra do Kosovo. Clinton acabou mandando bombardear Belgrado porque a Sérvia retaliou o KLA. Argumentou que a Sérvia estava tiranizando e brutalizando o povo kosovar (os EUA “têm sempre” razão…).Chumbo Grosso

Em suma, esse papo de terrorismo islâmico inimigo do ocidente é ladainha pura. Quando os tolerantes de Alá estão a serviço do Ocidente eles são “heróis da liberdade” (e os que são contra são “terroristas”). Ou seja, “o inimigo de meu inimigo…”