abibliadodiabo

Fonte: Medo B

……………………………………………………….

O Codex Gigasa é o maior manuscrito medieval existente no mundo. Ele foi criado no mosteiro beneditino de Podlažice no inicio do século XIII e hoje está preservado na Biblioteca Nacional da Suécia.

O códice está contido numa pasta de madeira, coberta com couro e ornamentada com metal. Com 92cm de altura, 50cm de largura e 22 cm de espessura, é o maior manuscrito medieval conhecido. Era inicialmente constituído por 320 folhas de velino, apesar de oito das mesmas terem sido posteriormente removidas. Não se sabe quem o fez, nem se conhecem as razões de as páginas terem sido removidas, embora se pense que pudessem conter as regras monásticas dos beneditinos. O códice pesa cerca de 75 kg e o velino nele usado foi elaborado a partir de pele de vitelo(ou pele de jumento, segundo algumas fontes), num total de 160 animais. 

Conteúdo

O Codex inclui toda a versão Vulgata Latina da Bíblia, excepto para os livros de Actos e Apocalipse, provenientes de uma versão pré-Vulgata. Estão também incluídos a “Enciclopédia Etymologiae” de Isidoro de Sevilha, “Antiguidades Judaicas” de Josefo, “Chronica Boemorum” (Crónica dos Boémios) de Cosmas de Praga , vários tratados (de história, etimologia e fisiologia), uma agenda com necrologia, uma lista dos monges do mosteiro de Podlažice, fórmulas mágicas e outros registos locais. Todo o documento está escrito em latim.

A “Bíblia do Diabo” foi escrita por um monge que quebrou os votos monásticos e foi condenado a ser murado vivo. A fim de evitar esta severa sanção, ele prometeu a criação, em uma única noite, de um livro que glorificaria o mosteiro para sempre e que incluiria todo o conhecimento humano. Perto da meia-noite, ele teve a certeza que não conseguiria concluir esta tarefa sozinho e, por isso, fez uma oração especial, não dirigida a Deus, mas ao arcanjo banido Satanás, pedindo-lhe que o ajudasse a terminar o livro em troca da sua alma. O monge vendeu, assim, a sua alma ao diabo. O diabo concluiu o manuscrito do monge e foi acrescentada uma imagem do diabo como agradecimento pela sua ajuda.

O códice não foi proibido pela Inquisição e foi analisado por muitos estudiosos ao longo dos tempos. 

Figura da página 290

Figura da página 290

 A página 290 contém apenas uma figura original de um diabo, com cerca de 50 cm de altura.

Algumas páginas antes desta, estão escritas sobre um velino escurecido e os caracteres são mais esbatidos que no resto do manuscrito.

……………………………………………………………

No documentário feito pelo National Geographic, o mistério das páginas escurecidas, a explicação histórica para a criação do Codex, entre outras curiosidades são abordadas.

Recomendo a todos que assistam, pois é um excelente documentário histórico.

A bíblia do Diabo existe mesmo e o parceiro “Cine Dark” colocou um documentário sobre ela, feito pelo National Geographic, para download.

Anúncios