Há 15 anos Ruanda testemunhava um terrível holocausto (1 milhão de mortos em 3 meses) apoiado pelas potências ocidentais. Mas a mídia pouco lembra da cumplicidade das Igrejas Católica e Protestantes nesse mar de sangue.

http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2006/12/13/ult1807u33113.jhtm
Padre é condenado a 15 anos de prisão por genocídio em Ruanda

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2001/010609_ruanda.shtml
Vaticano reage à condenação de freiras por crimes de guerra

http://www.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=192625
SACERDOTE CATÓLICO RUANDÊS É CONDENADO À PRISÃO PERPÉTUA POR ATUAÇÃO EM GENOCÍDIO

http://www.oecumene.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=103245
CONDENADA RELIGIOSA ACUSADA DE PARTICIPAÇÃO NO GENOCÍDIO DE RUANDA

http://www.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=14539
Bispos de Ruanda refutam envolvimento da Igreja em genocídio de 1994

http://www.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=14539
Igreja Católica em Ruanda reage energicamente a relatório do Parlamento do país

http://www.adventistas.com/mar2000/reg16030005.htm
Ecumenismo Macabro: Católicos, Protestantes e Adventistas Envolvidos no Genocídio de Ruanda

http://www.ateismo.net/2006/12/13/padre-catolico-condenado-por-genocidio/
padre condenado por genocídio

http://www.ateismo.net/2005/09/11/genocidio-no-ruanda/
Um padre católico belga, Guy Theunis, foi preso no aeroporto de Kigali, capital do Ruanda, pelo seu alegado papel no genocídio de 1994 que vitimou cerca de 800 000 Tutsis e Hutus moderados.

http://www.geocities.com/realidadebr/rn/catolica/c290701.htm
Genocídio: Vaticano e Governo Italiano protegem padres ruandeses

http://genocidios.faithweb.com/ruanda.html
Ruanda: Genocidio en la Selva

http://www.guardian.co.uk/world/2001/jul/21/catholicism.religion
Catholics and collusion in genocide. The Vatican is still thwarting trials of Rwandan clerics. It’s inexcusable.
http://www.priestsofdarkness.com/rwanda.html

Rwandan Genocidal Clergy

FLORENCE, Italy — In this city bursting with beauty, one undistinguished church stands out. Neither very old nor very celebrated, the only reason for its prominence is its deputy priest, a suspect in one of the century’s biggest non-war bloodbaths.

Anúncios