Fonte: O Globo                                                                                                   Via: Luiz Ricardo na comunidade da UNA no orkut

MACEIÓ – Um bebê de três meses teve os olhos, os lábios e a genitália colados com superbonder em Maceió, Alagoas. A criança deu entrada no pronto-socorro do Tabuleiro na madrugada desta desta segunda-feira. Segundo informações médicas, a criança apresentava resíduos de cola instantânea nas pálpebras, nos lábios, na genitália e em parte da coxa. O bebê foi atendido, liberado em seguida e passa bem.

Em depoimento à polícia, o pai do bebê, Adelmo Expedito da Silva, de 20 anos, disse que sua filha foi seqüestrada pela adolescente M.V. de 14 anos. Ele afirmou que depois de ter colado partes do corpo do bebê, a jovem abandonou a criança na porta de uma casa, próximo de sua residência.

O pai da criança diz que foi ela quem fez isso porque encontrou os chinelos da adolescente na porta do barraco onde mora – afirmou a delegada Aureni Moreno.

A menor está detida e será encaminhada ao Juizado da Infância e Juventude. Policiais do 5º Batalhão a encontraram a menina L.K.S.S. no Conjunto Denisson Menezes, no Tabuleiro do Martins.

A adolescente M.V., segundo a Polícia, teria sequestrado e colado a criança como vingança, já que teve um caso com o pai do bebê. Quando souberam da violência, moradores vizinhos à casa da jovem chegaram a espancá-la. Ela se recusou a receber atendimento médico e foi levada para Delegacia da Criança (Jacintinho).

Dados da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL) indicam que, só no ano passado, 20.000 crianças foram vítimas de algum tipo de violência, a maioria doméstica. São casos de crianças e bebês queimadas, abusadas sexualmente ou mendigando nas ruas de Maceió. Este ano, já se registram 2.500 novos casos.

Isso me choca porque os fatores já são conhecidos por todos: famílias desestruturadas, sem religiosidade, desemprego. As secretarias de Assistência Social estão mortas, elas se contentam com o Bolsa Família. Há muito tempo, os traficantes estão ocupando o lugar dos assistentes sociais, em alguns lugares do Estado. Estamos diante do fracasso – explicou o presidente da Comissão, Gilberto Irineu.

……………………………………………………………………

Um dos motivos é a FALTA DE RELIGIOSIDADE?

Por favor, mostrem-nos pesquisas nas prisões para saber quantos ateus estão presos. Só por curiosidade. Pois tenho certeza absoluta que isto não teve nada a ver com “falta de religiosidade” e sim com insanidade.

Anúncios