Fonte: Independent
Via: Portal Ateu

“O Ministro da Justiça Irlandês Dermot Ahern defendeu a introdução de “crime por blasfêmia”, afirmando que deve ser introduzida uma nova definição sobre esse crime na Constituição.

O Governo Irlandês está considerando reativar este crime, colocando-o num novo regime, sugerido pelo Procurador-Geral.

A polícia Irlandesa irá ter o poder de confiscar material que seja considerado como blasfemo da casa da pessoa que seja acusada de blasfêmia, assim como de qualquer outro lugar onde essa pessoa esteja associada.

Esta nova lei está em oposição a uma recomendação pela Law Reform Commission, que decidiu em 1991 que não existe qualquer lugar para esse estilo de ofensa numa sociedade que defende a liberdade de expressão.

Existem receios que este novo crime possa ser utilizado por fundamentalistas para impedir a publicação de material que possa ser entendida como injuriosa para a sua fé”