Autor: Stefano                                                                                                     

Edir x religiões

TVEdir diz rejeitar as religiões afro, mas a sua IURD adota as práticas destas religiões (aliás, o próprio Edir pertenceu à umbanda!! “Tu quoque, Brutus?”). Em um de seus livros Edir chegou a dizer que a IURD se parece com um terreiro de macumba:

“Em muitas de nossas reuniões efetivamente vemos um quadro assombroso: uma verdadeira amostra do inferno. Se alguém chegar à igreja no momento em que as pessoas estão sendo libertas poderá até pensar que está num centro de macumba, e parece mesmo. Temos a impressão muitas vezes que aquelas pessoas ficaram loucas. Entretanto após alguns momentos quando fazemos a “limpeza” em suas vidas, quando os demônios são expelidos e levam com eles todo o mal, ai vem a bonança e a paz.” (Bispo Edir Macedo no livro “Orixás, Caboclos & Guias” pg. 108 – ed. 2001″)

Edir x Globo

Edir diz odiar a Globo, ele chegou a dizer que a Globo fazia um tremendo mal ao Brasil. E o que dizer de sua “$antí$$ima” Record??? Uma imitação descarada da Globo!! Boa parte dos atores, jornalistas etc. da Record são oriundos de que TV mesmo??  E a programação da Record?? O que dizer dela?? Muito similar a da Globo (já dizia o Velho Guerreiro:“Na televisão, nada se cria, tudo se copia”).

Chumbo GrossoEngraçado que Edir e seus papagaios falavam (e ainda falam) tudo contra  a Globo, dizem que sua programação é “satânica”, “anticristã”, “promíscua”, etc. Ah, sim!! E a programação da Record é exemplar, pelo visto! Suas novelas são “magníficas”!! A começar por “Mutantes“, uma novela “muito cristã e de família”(se fosse da Globo, seria “demoníaca”,”anticristã” etc.).

Esta novela (a exemplo de outras novelas da Record) teve grande “êxito” de audiência. O autor da novela foi da Globo, onde chegou a ser (co-)autor de uma novela “sobrenatural” como Mutantes, mas que marcou época: Vamp. O “globismo” da Record  chegou a ser duramente criticado pelo pa$tor $ila$ Malafaia. Depois dessa chuva de escândalos, só digo a Edir: “Quem te viu, quem te vê”.

Anúncios