Fonte: Reuters
Via: Portal Ateu

Um grupo “pró-religião” da Alemanha solicitou um referendo para que sejam ministradas aulas de religião nas escolas de Berlin, no mesmo patamar das aulas de ética (que já são ministradas por lá).  

Ética secular tem sido uma aula requerida em Berlim desde 2006. Advogados tentaram mudar esta lei para criar uma escolha para os alunos entre ética e religião, com aulas sobre Islão, Catolicismo e Protestantismo ensinadas separadamente.

Felizmente foi um tiro que saiu pela culatra, o referendo foi descartado com 25% votando não e 14% votando sim.